17ª Edição do Concurso Poliempreende

O Poliempreende é uma metodologia de ensino do empreendedorismo que procura atuar nas suas diferentes vertentes. Desde a promoção da criatividade e inovação, desenvolvimento da ideia e planificação da ação, até à criação do próprio negócio e/ou registo de patente, com a análise e decisão sobre os diversos tipos de apoio em todas as fases do projeto. O projeto sempre pretendeu ser mais do que um concurso de ideias de negócio, sendo o seu objetivo fundamental promover o espirito empreendedor e a criação de novos negócios.

Os objetivos do Poliempreende não seriam concretizáveis de forma tão sustentada se não assentassem numa metodologia educacional do empreendedorismo diferenciadora e adaptável à organização de cada Instituição Politécnica que nele participa. A metodologia base divide-se em duas fases: Fase Regional e Fase Nacional, na qual estará presente o projeto vencedor na Fase Regional.

Calendário do Concurso Regional 2019/2020

  • Sessão de lançamento online do 17º Concurso Poliempreende - IPCB: 22 de abril de 2020, 14h30 (sessão via Zoom: https://videoconf-colibri.zoom.us/j/97814760541). 
    • Abertura: Presidente do IPCB, Prof. Doutor António Marques Fernandes
    • Testemunhos:
      - Miguel Muñoz Duarte (iMatch/NovaSBE)
      - Luís Lavoura (Salys)
    • Apresentação 17º Concurso Poliempreende: Coordenador Poliempreende no IPCB, Nuno Caseiro
Garanta já o seu lugar!
Inscrições limitadas…

As inscrições deverão ser efetuadas aqui, até ao dia 21 de abril de 2020.
 
  • Entrega do Plano de Negócio: 17 de junho de 2020 NOVA DATA: 21 de junho de 2020
  • Júri regional: 1 de julho de 2020
 

Prémios:

  • 1º Prémio - 2000€*, atribuídos pelo Banco Santander
    • Projeto Micro Who - Este projeto consiste numa aplicação a qual recebeu o nome de “Micro Who”. Esta foi desenvolvida por alunas do curso de Ciências Biomédicas Laboratoriais da ESALD - IPCB, que em várias alturas do percurso escolar, sentiram falta de um recurso desde tipo e foi esta necessidade que fez com que a ideia surgisse. Os objetivos desta aplicação são facilitar e melhorar a aprendizagem por parte de todos aqueles que estudam ou têm disciplinas de Microbiologia, tornando-se numa ferramenta auxiliar de estudo, principalmente para a população estudantil, mas podendo ser usada também por docentes e até profissionais de saúde.
      • Equipa:
        • Cláudia Marina Azevedo da Silva (ESALD)
        • Inês dos Santos João (ESALD)

O projeto classificado em 1.º lugar irá representar o IPCB na segunda e última fase do Concurso (Nacional), na qual estarão presentes os vencedores regionais de cada um dos Institutos Politécnicos do País e Escolas Superiores Não Integradas.
 
  • 2º Prémio - 1500€*, atribuídos pela CIMBB - Comunidade Intermunicipal da Beira Baixa
    • Projeto ViRturism - A ideia passa pela criação de uma plataforma que permite ao utilizador aceder a várias experiências de realidade virtual em diferentes pontos turísticos. Assim, os promotores têm uma plataforma fantástica para se promoverem e os turistas têm uma oportunidade de visitar um ponto à distância, sozinhos ou em grupo, o que pode constituir uma grande oportunidade para a estimulação do turismo numa era pós COVID-19.
      • Equipa:
        • Nuno Pais (EST)
 
  • 3º Prémio - 1000€*, atribuídos pela Pedro Agapito Seguros
    • Projeto Walkie Travel - é uma aplicação de turismo ludificada, que pretende oferecer aos seus utilizadores uma experiência divertida bem como informações essenciais e de interesse quando em viagem. Através da oferta de trilhos nas localidades, o utilizador poderá conhecer todos os pontos de interesse das mesmas, bem como ganhar tokens colecionáveis, que são diferentes em cada local. Adicionalmente, colecionaram também Walkie Points, que poderão ser trocados por descontos em locais de comércio. A Walkie Travel contará também com conteúdos como história de cada local, indicações de locais de lazer, restauração, natureza, entre outros.
      • Equipa:
        • Daniela Pires de Oliveira (EST)
        • Inês Ferreira da Silva (EST)
        • Joana Inês Milheiro Pedro Rodrigues (EST)


*Estes prémios serão disponibilizados em duas frações: a primeira, correspondendo a 50% do seu montante global, será entregue no ano da realização do concurso; os restantes 50% serão entregues com a apresentação da cópia da declaração de início de atividade, ou uma cópia de um documento comprovativo da transferência de produto/tecnologia ou do desenvolvimento do produto ou serviço, até ao fim do segundo ano após o ano da realização do concurso, comprovando a implementação empresarial do projeto.
 


O Regulamento e os documentos de referência do Concurso encontram-se disponíveis aqui.

Encontramo-nos disponíveis para apoiar todas as equipas, pelo que, se necessitarem de apoio, bastará manifestar esse interesse para o e-mail  ceder@ipcb.pt .