Apresentação

A iniciativa IPCB também somos nós, decorre de um trabalho que já foi feito o ano passado nas I Jornadas Profissionais do IPCB e que pretende divulgar e valorizar o trabalho que é realizado pelos funcionários não docentes do IPCB, dar a conhecer a toda a comunidade e a todos os colegas docentes, não docentes e também aos estudantes, aquilo que os nossos colaboradores realizam diariamente nas suas funções.

Agradeço a todos o trabalho que têm tido, e em particular nesta iniciativa que desenvolveram, para que nos possamos conhecer cada vez melhor.
 
IPCB também somos nós!

António Fernandes
Presidente do IPCB

O IPCB também somos NÓS, é uma iniciativa pensada com o coração, disponibilizada em meio digital e levada a efeito, com o mesmo espírito, pela mesma equipa que organizou as I Jornadas Profissionais do IPCB.

Num ano em que a pandemia condiciona todas as atividades em todas as dimensões, a Partilha de Experiências Valorizando Saberes ocorre, com segurança, através da exibição de pequenos vídeos, mostrando, na primeira pessoa e no respetivo ambiente, o trabalho que diariamente realizamos e, bem assim, o contributo que damos para a nossa organização.

Acredito que esta é uma forma de valorização do conhecimento organizacional que contribui, naturalmente, para alargar o horizonte dos saberes individuais, porque O IPCB também somos NÓS!

Eduarda Rodrigues
Administradora do IPCB

#5 - Maria do Rosário Oliveira, Maria do Céu Rodrigues e Cecília Ramos

O “IPCB também somos nós!” regressa com o testemunho de Isabel Martinho, assistente auxiliar que desempenha funções nos serviços de limpeza dos Serviços Centrais e da Presidência, Adelino Gomes, colaborador do IPCB na área da limpeza e manutenção de espaços exteriores e Maria do Carmo Maia, gestora da frota automóvel da instituição e também coordenadora da área da jardinagem.
 
Percursos distintos, mas tarefas muitas vezes complementares, que são decisivos para o bem-estar de todos os que diariamente passam pela nossa instituição!
 
#4 - Maria do Rosário Oliveira, Maria do Céu Rodrigues e Cecília Ramos

Maria do Rosário Oliveira, Maria do Céu Rodrigues e Cecília Ramos, são as 3 colaboradoras que partilham o seu testemunho e percurso profissional em mais um vídeo “IPCB também somos nós!”!
 
Experiências e saberes distintos que em muito contribuem para o funcionamento da nossa instituição, seja no apoio e informação à comunidade académica, seja na prestação de serviços ao exterior!

 
#3 - Sandra Silva, Célia Costa e Manuela Cordeiro

No novo vídeo da iniciativa “IPCB também somos nós!” damos a conhecer o percurso de Sandra Silva, Célia Costa e Manuela Cordeiro, trabalhadoras dos Serviços de Ação Social do IPCB.

Três carreiras distintas na nossa instituição, na sua grande parte dedicadas a um dos principais desígnios do Politécnico de Castelo Branco: contribuir para o bem-estar dos estudantes durante o seu percurso académico.


 


#2 - Joaquim Santos, Ricardo Batista e Libânia Marques

Experiências e saberes diferentes, mas um denominador comum: três alumni do IPCB, que ficaram ligados à instituição e vêm construindo o seu percurso profissional ao serviço do Politécnico de Castelo Branco!
 
No segundo vídeo “IPCB também somos nós!” apresentamos o trabalho desenvolvido por Joaquim Santos, Ricardo Batista e Libânia Marques, colaboradores não docentes que desempenham funções nos Serviços de Informática e nos Serviços Académicos.


 

#1 - Cecília Raposo, Joaquim Carvalho e António Agapito

No primeiro vídeo da iniciativa “IPCB também somos nós”, Cecília Raposo, Joaquim Carvalho e António Agapito, a desempenhar funções na biblioteca da Escola Superior de Artes Aplicadas, na coordenação da Quinta Senhora de Mércules, onde funciona a Escola Superior Agrária, e na receção e atendimento telefónico da Escola Superior de Tecnologia, respetivamente, dão-nos a conhecer o seu dia-a-dia enquanto colaboradores não docentes do Politécnico de Castelo Branco.
 
Três percursos diferenciados e um conjunto de funções que contribuem para o funcionamento do Politécnico de Castelo Branco e para o bem-estar de toda a comunidade académica.
 

 


 

Partilhe