O Politécnico de Castelo Branco, numa iniciativa conjunta da Escola Superior de Tecnologia e da Escola Superior de Saúde Dr. Lopes Dias, viu aprovado o projeto SensoMatt, no âmbito de uma candidatura apresentada ao Programa Operacional Regional do Centro – Projetos de Investigação e Desenvolvimento Tecnológico.

Este projeto, financiado pelo programa P2020, reúne a empresa SensoMatt, sediada no CEI – Centro de Empresas Inovadoras e líder do projeto, e o Politécnico de Castelo Branco (IPCB), e tem por objetivo criar uma solução médica para combater úlceras de pressão, com potencial uso em hospitais, lares de idosos ou centro de cuidados continuados. Uma fina colcha de tecido com sensores integrados, colocada debaixo do colchão, irá monitorizar e medir em tempo real a distribuição de pressão do paciente acamado.

Com recurso a uma plataforma que integra Inteligência Artificial, a solução a desenvolver visa fornecer aos pacientes e ao corpo clínico, uma tecnologia inovadora e personalizada na deteção precoce e na prevenção das úlceras de pressão.

A equipa do IPCB é constituída pelos docentes Francisco Rodrigues e Patrícia Coelho da ESALD-IPCB e pelos docentes da ESTCB-IPCB, Rogério Dionísio, Fernando Ribeiro, Arlindo Silva, Filipe Fidalgo, José Metrôlho e Osvaldo Santos. O financiamento elegível aprovado para o consórcio é de 736.233,24€.

Mais informações sobre o projeto disponível em http://www.sensomatt.com

Partilhe