Licenciatura em Fisiologia Clínica


Objectivos Gerais

A Licenciatura em Fisiologia Clínica permite a aquisição de competências técnico-científicas nas áreas de:

  • Cardiologia invasiva - Eletrofisiologia e Pacing, Hemodinâmica e Cirurgia Cardíaca
  • Cardiologia não invasiva - Eletrocardiologia e Ultrassonografia Cardíaca
  • Estudo da patologia neurofisiológica - eletroencefalografia, eletromiografia e potenciais evocados
  • Avaliação da função pulmonar – Provas de Função Respiratória, Estudo da Broncomotricidade e Gasimetria Arterial
  • Avaliação cerebrovascular - Ultrassonografia Vascular e Cerebral
  • Fisiopatologia do sono e Ventilação Mecânica Não Invasiva
Pretende-se que o licenciado em Fisiologia Clínica obtenha uma elevada qualificação para o exercício profissional independente e autónomo correspondente ao conteúdo funcional das atuais profissões de Cardiopneumologia e Neurofisiologia.
Esta licenciatura preconiza ainda que a formação destes profissionais inclua um conjunto de conhecimentos, competências e capacidades que lhes permitam desenvolver um exercício profissional de excelência em equipas multidisciplinares para:
  • Planear, programar, executar e avaliar analítica e criticamente os exames a efetuar assumindo a responsabilidade pelos mesmos;
  • Realizar investigação no âmbito das áreas científicas que integram a Fisiologia Clínica privilegiando o desenvolvimento do espírito científico e o pensamento reflexivo;
  • Aplicar os meios de diagnóstico e terapêutica de acordo com o código deontológico e ético das profissões de Cardiopneumologia e Neurofisiologia;  
Na licenciatura em Fisiologia Clínica da ESALD são utilizadas metodologias dinâmicas, práticas e flexíveis de modo a proporcionar a participação ativa dos estudantes na aquisição de conhecimentos e competências, tendo por base um processo de ensino aprendizagem contínuo e participado. Ao longo do percurso académico do estudante promove-se em diferentes áreas o serviço à comunidade através da realização de exames, nas áreas de cardiologia, pneumologia, vascular e neurológica, perspetivando-se identificar problemas de saúde na comunidade, nomeadamente na sua região de influência geográfica.

Condições de Acesso

Pré - Requisitos
Declaração médica, sob a forma de resposta a um questionário, comprovativa de que satisfaz o pré-requisito a entregar no ato da matrícula e inscrição no curso
Comunicação interpessoal - Grupo A [download aqui]

Provas de Ingresso
Biologia e Geologia OU  Biologia e Geologia + Física e Química  OU  Biologia e Geologia + Matemática (A ou B)

Nota do Último Colocado
Consulte aqui

Preferência Regional (válida apenas para a 1ª fase)
Bragança, Castelo Branco, Coimbra, Guarda, Leiria, Portalegre, Santarém, Vila Real, Viseu

Classificação Mínima e Cálculo de Nota
Prova de ingresso - 95 valores
Nota de candidatura - 95 valores
Média do Secundário - 65%
Provas de ingresso - 35%

Plano Curricular

Saídas Profissionais

  • Hospitais
  • Centros de Saúde
  • Consultórios
  • Empresas de Equipamento Médico
  • Instituições de Ensino
  • Departamentos de Investigação
  • Centros de Diagnóstico
  • Centros de Apoio a Idosos
  • Departamentos de Saúde Desportiva
Grau
Licenciatura
Nível EQF / ISCED
6 / 6
Código Escola / Curso
7020 / L067
Unidade orgânica
Escola Superior de Saúde Dr. Lopes Dias
Regime
Diurno
ECTS
240
Coordenador
Lucinda Carvalho