Descrição

    O projeto ambiciona desenvolver um conjunto de ações vocacionadas a capitalizar o conhecimento produzido pelo IPCB e IPG em torno da valorização económica dos “Azeites de Montanha”, de forma a reforçar o posicionamento das empresas da fileira por adoção das melhores práticas e processos inovadores que concorram para a produção de azeites diferenciáveis pela sua qualidade e que potenciem características organolépticas distintas, contribuindo para a introdução de novos métodos e técnicas que irão intensificar a capacidade competitiva, a visibilidade e o reconhecimento dos “Azeites de Montanha”. As principais atividades a desenvolver serão as diversas sessões técnicas (em olival, em lagar e em sala), os estudos de azeites com métodos rápidos e de caracterização sensorial, a produção de cartas de índice de vegetação,  a estratégia e unidade demonstradora de marketing, que culminarão no website, em produção de vídeos, manuais de  boas práticas e em livro de apresentação de resultados

Parcerias

  • Instituto Politécnico de Castelo Branco (Promotor)
  • Instituto Politécnico da Guarda
  • Parceiros não executores: CIM-BSE e CBP-BI

Equipa do IPCB:

    Fátima Peres (ESA); João Pedro Luz (ESA); Ofélia Anjos (ESA);António Ramos (ESA); Daniel Raposo (ESART);João Neves (ESART); Paulo Fernandez (ESA); Cecilia Gouveia (ESA); Natália Roque (ESA); Luísa Potêncio (IPCB)

Financiado por:

    CENTRO2020