Descrição

    Este projeto contextualiza-se na análise da territorialização do envelhecimento, ou seja, como os territórios e os seus recursos humanos e materiais respondem ao envelhecimento da sua população e às suas problemáticas e necessidades, atuais e futuras. O seu objetivo principal consiste em desenvolver propostas e ferramentas de análise e intervenção que respondam aos desafios das regiões do interior de Portugal, regiões marcadas por elevados índices de dependência e de envelhecimento, partindo de uma avaliação do território, realizada em concelhos rurais e urbanos dos distritos de Castelo Branco, Guarda e Portalegre. Incorpora também o desenvolvimento de ferramentas baseadas em Sistemas de Informação Geográfica que permitem uma análise dos recursos e sua adequação às necessidades das populações e municípios. Tem ainda uma componente de avaliação do conhecimento, utilização e potencial das Tecnologias de Informação e Comunicação pelas pessoas mais velhas das regiões estudadas.

Parcerias

  • Instituto Politécnico de Castelo Branco (Promotor)
  • Instituto Politécnico de Portalegre (Copromotor)
  • Instituto Politécnico da Guarda (Copromotor)
  • Instituto Politécnico de Bragança (Copromotor)
  • Câmara Municipal de Castelo Branco (Copromotor)
  • Câmara Municipal de Idanha-a-Nova (Copromotor)
  • Câmara Municipal de Portalegre (Parceiro)
  • Câmara Municipal de Elvas (Parceiro)
  • Junta Freguesia de Castelo Branco (Parceiro)
  • Santa Casa da Misericórdia de Castelo Branco (Parceiro)
  • Santa Casa da Misericórdia de Idanha-a-Nova (Parceiro)
  • ADM Estrela - Associação Social e Desenvolvimento (Parceiro)
  • Unidade Local de Saúde de Castelo Branco (Parceiro).

Equipa do IPCB:

    Maria João Guardado Moreira (ESE) - Investigadora Responsável; Henrique Gil (ESE); Vitor Pinheira (ESALD); Eugénia Grilo (ESALD), Fernando Pereira (ESA); José Massano Monteiro (ESA)

Financiado por:

    FCT/COMPETE2020